Home » » CORAGEM DE VIVER UMA RELAÇÃO ABERTA

CORAGEM DE VIVER UMA RELAÇÃO ABERTA

CORAGEM  DE VIVER UMA RELAÇÃO  ABERTA

Com certeza vocês já devem ter ouvido falar de relacionamentos abertos. Mas o que é, de verdade, um relacionamento aberto? Como funciona? Será que funciona mesmo?

Uma mulher extrovertida pode revelar-se tímida na cama. E nada impede que alguém mais discreto surpreenda e mostre uma volúpia inesperada. A personalidade sexual nem sempre é evidente

Que a leva a ter coragem  de viver uma relação aberta  com seu parceiro /

atualidades-e-gente-comportamento-atitudes-para-se-abrir-ao-amor-e-ao-sexoe

O que é um relacionamnto aberto?

 
 
É uma modalidade alternativa de relacionamento afetivo, onde os parceiros chegam a um consenso, com regras e acordos, para terem outros contatos com outras pessoas fora da relação, independente das convenções sociais. Nesse tipo de relacionamento, o casal irá estipular o que pode e o que não pode, exigindo confiança mútua, diálogo e responsabilidade.
Pode ser que seja permitido apenas beijos até a relação sexual em si mas é o casal que irá estabelecer quais os limites, até onde cada um pode ir, sempre respeitando e indo até onde cada um se sente confortável.
No relacionamento aberto, cada um tem relacionamentos paralelos, e pode ser que comentem sobre eles, mas isso é também o casal que irá estipular. O swing, que é a troca de casais, é também um tipo de relacionamento aberto, mas nesse caso, é apenas sexual, com a presença obrigatória do outro.

Os riscos

Para que algo assim seja possível dar certo, a relação precisa estar em um patamar elevadíssimo de maturidade, de diálogo e de conhecimento – tanto do outro como de si mesmo. Isso por que podem surgir sentimentos devastadores de ciúme, desconfiança e paranoia, dificuldade para administrar o tempo a dois e até mesmo envolvimento emocional com outra pessoa (que pode ser um grande problema), levando ao desgaste e ao término da relação.
Por isso, se sua relação já está desgastada, se não for sólido e maduro, um relacionamento aberto talvez não seja uma boa opção, pois pode aumentar ainda mais as divergências, os ciúmes e as brigas, já que não há uma base forte para segurar as implicações de uma relação aberta
Alguém viveu ou vive em uma relação aberta? Alguém arriscaria? Qual a opinião de vocês?
 
 
 
                   doutoram /doutora do prazer
 
 
Support : Copyright © 2015. Mi Puntofinal - All Rights Reserved